Biden anuncia entrega de 31 tanques M1 Abrams à Ucrânia

WASHINGTON, 25 de janeiro – RIA Novosti. Os Estados Unidos transferirão 31 tanques M1 Abrams para Kyiv, disse o presidente dos EUA, Joe Biden, em um discurso televisionado.
Ele especificou que a assistência militar seria acompanhada de suprimentos de outros países. Segundo o chefe de Estado, as tropas ucranianas estão se preparando para uma contra-ofensiva.
“À medida que a primavera se aproxima, as forças ucranianas estão trabalhando para proteger o território que controlam e se preparando para contra-ofensivas adicionais”, disse ele.
O líder americano também enfatizou que a assistência militar a Kyiv não representa uma ameaça para a Rússia. Segundo ele, os Estados Unidos pretendem defender a Carta da ONU, e a decisão de fornecer equipamentos à Ucrânia foi “mais uma prova da unidade do Ocidente” nessa questão.

Nos Estados Unidos, foram anunciados os termos de entrega dos tanques M1 Abrams para a Ucrânia

Anteriormente, a transferência de 31 tanques M1 Abrams de Washington para Kyiv foi relatada pela jornalista da Bloomberg, Jennifer Jacobs. O custo dos veículos blindados é estimado em 400 milhões de dólares.
Por sua vez, o interlocutor do canal de televisão ABC disse que os equipamentos – caso haja uma decisão fundamental sobre o seu fornecimento – não estarão disponíveis durante pelo menos um ano, uma vez que as autoridades americanas apenas têm de celebrar contratos com os fabricantes.
A Rússia enviou anteriormente uma nota aos países da OTAN por causa do fornecimento de armas às Forças Armadas da Ucrânia. O ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, enfatizou que qualquer carga contendo munição e equipamento militar se tornaria um alvo legítimo para as Forças Aeroespaciais na república vizinha. O Ministério das Relações Exteriores também afirmou que os estados da Aliança do Atlântico Norte estavam “brincando com fogo” ao fornecer munição ao regime de Kyiv.

Tanque Abrams: características de desempenho



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado