A Casa Branca anunciou o início de um programa de treinamento de ucranianos para trabalhar com Abrams

WASHINGTON, 25 de janeiro – RIA Novosti. Os EUA estão começando a trabalhar em um programa para treinar ucranianos para usar tanques Abrams, disse um alto funcionário do governo dos EUA em uma entrevista coletiva na quarta-feira.
Os EUA enviarão 31 tanques M1 Abrams para a Ucrânia.
“Agora estamos começando a trabalhar em um extenso programa de treinamento porque esses tanques são um sistema complexo que requer muito treinamento e suporte técnico”, disse um funcionário do governo.
Ela observou que parte do treinamento será tanto treinamento na operação do tanque quanto treinamento em sua manutenção e manutenção.

Tanques Abrams transferidos pelos EUA para a Ucrânia formarão um batalhão de tanques

Segundo a administração, o local onde decorrerá a formação ainda não foi definido, mas “realizar-se-á fora da Ucrânia”.
A Rússia já havia enviado uma nota aos países da OTAN por causa do fornecimento de armas à Ucrânia. O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, observou que qualquer carga que contenha armas para a Ucrânia se tornará um alvo legítimo para a Rússia. O Ministério das Relações Exteriores da Federação Russa afirmou que os países da OTAN estão “brincando com fogo” ao fornecer armas à Ucrânia. O secretário de imprensa do presidente da Federação Russa, Dmitry Peskov, observou que bombear armas do Ocidente para a Ucrânia teria um efeito negativo.



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado