'Não temos dinheiro para hospitais': político francês critica ajuda de € 500 milhões da UE à Ucrânia

[ad_1]

“Ursula [von der Leyen] decidiu enviar 500 milhões de euros adicionais a Zelensky. A contribuição da França é de 100 milhões! Mas não temos dinheiro para aposentadorias ou hospitais”, escreveu o político no Twitter.
Na sexta-feira passada (20), um alto funcionário da União Europeia (UE) anunciou que o sétimo pacote de auxílio financeiro do Fundo Europeu para a Paz, para a compra de equipamento militar pela Ucrânia, será de 500 milhões de euros (cerca de R$ 2,8 bilhões).
Philippot tem criticado repetidamente os países ocidentais pelo apoio financeiro e pelo fornecimento de armas à Ucrânia, que estão prolongando o conflito no país.
Ao mesmo tempo, o político apelou para cancelar as sanções impostas pela UE à Rússia. Ele rotulou as decisões de Bruxelas na área da energia de “insanas” e as sanções de “estúpidas”.
Operação militar especial russa

Chefe do Conselho Europeu chama de decisivas as próximas semanas no conflito na Ucrânia

No ano passado, a UE decidiu utilizar o Fundo Europeu para a Paz para financiar parte do envio de equipamentos militares à Ucrânia.



[ad_2]

Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

Scroll to Top