Mídia: os Estados Unidos enfrentam uma catástrofe inesperada

MOSCOU, 22 de janeiro – RIA Novosti. A metade ocidental dos Estados Unidos está passando por uma mega-seca prolongada que está pressionando severamente os recursos hídricos em toda a região, escreve a Newsweek.
Segundo especialistas citados pela publicação, se a situação não mudar nos próximos 10 a 20 anos, isso pode levar a “consequências catastróficas” para todo o país.
“Mais uma ou duas décadas de seca esgotarão significativamente os aquíferos, resultando não apenas na perda de recursos hídricos subterrâneos, mas também no aluimento do solo, o que causará danos gerais à infraestrutura pública”, alertou um dos líderes do Instituto de Meio Ambiente e Gestão de Energia, Jonathan Deason.
De acordo com o US Drought Monitor, 65% dos Estados Unidos continentais estão enfrentando algum tipo de seca ou condições anormalmente secas.

Cientistas da Rússia e dos Emirados Árabes Unidos criam tecnologia para chamar chuva na seca

“Entre os estados mais atingidos estão Utah, Oregon, Nebraska, Kansas e Oklahoma, todos com áreas que sofrem seca extrema”, diz a publicação.
Segundo os especialistas, não se deve esperar uma melhora séria da situação em um futuro próximo, pois “mesmo quando a seca diminuir, levará vários anos para uma recuperação séria, durante a qual o volume de chuvas deve ser acima da média”.

“O homem não tem culpa”: o que os cientistas russos aprenderam sobre o clima

[ad_2]

Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

Scroll to Top