Greta Thunberg participa de protesto em Davos

ZURIQUE, 20 de janeiro – RIA Novosti. Um grupo de ativistas ambientais, incluindo um sueco Greta Thunbergrealizou um protesto em Davos, na Suíça, onde termina o Fórum Econômico Mundial (FEM) na sexta-feira.
Thunberg postou uma foto em seu Twitter mostrando cerca de 20 manifestantes. Eles estão segurando cartazes com vários slogans como “Pare com o ecocídio”, “Não aos combustíveis fósseis”. A própria ativista sueca é retratada segurando uma faixa que diz “Deixe isso (combustível) no chão”.
“Em Davos, próximo ao Fórum Econômico Mundial, onde se reuniram os maiores responsáveis ​​pela crise climática”, tuitou Thunberg.
Ela disse que os ativistas escreveram uma carta aos chefes das empresas de combustíveis fósseis exigindo que parassem de desenvolver novos depósitos.
Na quinta-feira, Thunberg participou de uma discussão à margem do WEF, onde também esteve presente o chefe da Agência Internacional de Energia (IEA), Fatih Birol. O ativista disse que o WEF fornece uma plataforma para discutir questões ambientais para participantes que são eles próprios responsáveis ​​pela crise climática e chamou essa situação de absurda.

Vândalos ou ativistas? Quem procura obras-primas nos museus da Europa



[ad_2]

Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado