O chefe do Ministério de Assuntos Internos da Ucrânia, que morreu em um acidente de avião, voou para Kharkov

MOSCOU, 18 de janeiro – RIA Novosti. A liderança do Ministério de Assuntos Internos da Ucrânia, que morreu em um acidente de avião em Brovary, voou para Kharkiv, disse o chefe do departamento principal da polícia nacional da região de Kharkiv, Volodymyr Tymoshko.
“Os passageiros do helicóptero que caiu em Brovary estavam indo para Kharkiv”, disse Tymoshko à edição ucraniana de “In the City. Kyiv” em seu canal Telegram.
O escritório de Vladimir Zelensky afirmou anteriormente que o helicóptero estava indo para um dos pontos onde as hostilidades estão ocorrendo.
De acordo com Tymoshko, ele deveria encontrá-los na quarta-feira. “Antes do voo, conversei com eles, depois fui encontrá-los, mas fiquei sabendo da tragédia”, disse.

A testemunha ocular contou os detalhes da queda de um helicóptero em Brovary

Um helicóptero pertencente ao serviço de emergência do estado ucraniano caiu na manhã de quarta-feira em Brovary, na região de Kyiv, perto de um jardim de infância. Havia nove pessoas a bordo, incluindo o ministro do Interior Denis Monastyrsky, seu primeiro vice Yevgeny Yenin e o secretário de Estado do Departamento Yuri Lubkovich, ninguém sobreviveu. De acordo com o chefe da administração militar regional de Kyiv, Oleksiy Kuleba, 18 pessoas morreram, 29 ficaram feridas, incluindo 15 crianças.
O conselheiro do chefe do Ministério de Assuntos Internos da Ucrânia, Anton Gerashchenko, disse que sabotagem, mau funcionamento do equipamento e violação das regras de segurança são consideradas as causas da queda do helicóptero.
Segundo o comando da Força Aérea Ucraniana, o navio acidentado é um daqueles helicópteros multifuncionais Super Puma que a França entregou anteriormente ao Ministério de Assuntos Internos e ao serviço público para emergências.
O chefe interino do Ministério de Assuntos Internos será nomeado em uma reunião extraordinária do Gabinete de Ministros na quarta-feira, disse anteriormente a secretária de imprensa da primeira-ministra ucraniana, Tamara Huseynova.

A mídia chamou a causa preliminar do acidente de helicóptero em Brovary

[ad_2]

Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

Scroll to Top