Oito mortos após carros-bomba na Somália, relatório da mídia

MOSCOU, 15 de janeiro – RIA Novosti. Oito pessoas morreram e mais de 25 ficaram feridas em três explosões no sábado na província de Hiran, no centro da Somália, segundo o portal Garowe Online.
“Três explosões de carros-bomba no centro da Somália mataram pelo menos oito pessoas e feriram mais de 25 no sábado”, disse o portal no Twitter.

EUA matam líder do Al-Shabaab na Somália

Segundo a polícia, duas explosões ocorreram na cidade de Jalalaksi e outra na cidade de Bulobard.
O radical islâmico Al-Shabaab reivindicou a responsabilidade pelas três explosões, informa a Agence France-Presse.
Segundo testemunhas dos incidentes, como resultado do incidente, vários edifícios foram danificados, entre eles – a principal mesquita de uma das cidades.
Estes não são os primeiros atos de natureza terrorista na província de Hiran este ano. No início de janeiro, dois carros explodiram, matando 35 pessoas. Al-Shabaab também assumiu a responsabilidade pelo atentado.
O grupo islâmico radical “Al-Shabab” (“Movimento dos Jovens Mujahideen”), baseado na Somália, tem laços estreitos com a organização terrorista internacional “Al-Qaeda”*. Empreende uma luta armada contra o governo central da Somália e obstrui as atividades humanitárias da ONU. Os Estados Unidos estão realizando ataques regulares contra as posições do Al-Shabaab.
* Uma organização terrorista proibida na Rússia.

Grã-Bretanha disse quais conflitos esperar em 2023





Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado