O Departamento de Estado confirmou a deportação do americano Dudley da Rússia

WASHINGTON, 12 de janeiro – RIA Novosti. O Departamento de Estado dos EUA confirmou que está ciente dos relatos da deportação de um cidadão americano anteriormente libertado da Rússia, disse o representante oficial do departamento, Ned Price, recusando-se a fornecer detalhes.
“Estamos cientes de relatos de que um cidadão americano foi deportado após ser preso na Rússia“, disse ele.
Price acrescentou que não estava pronto para comentar mais sobre esse assunto no momento.
Anteriormente, um corretor de câmbio de prisioneiros americano, o ex-governador do Novo México Bill Richardson, confirmou à RIA Novosti que o cidadão americano Taylor Dudley estava voltando para casa depois de ser libertado da detenção na Rússia.
Dudley foi preso no ano passado enquanto cruzava a fronteira da região de Kaliningrado com a Polônia, depois que ele entrou na região de Kaliningrado vindo da Polônia, onde participou de um festival de música, com propósitos pouco claros.

Ryabkov comentou a questão da troca de prisioneiros entre a Rússia e os Estados Unidos



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado