O CICV falou sobre o uso da tecnologia de reconhecimento facial

ONU, 9 de janeiro – RIA Novosti. O Comitê Internacional da Cruz Vermelha usa a tecnologia mais recente para procurar pessoas desaparecidas, incluindo um sistema de reconhecimento facial, disse o porta-voz do CICV em Kyiv, Ashil Despres, à RIA Novosti.
“Estamos sempre tentando usar a melhor tecnologia para melhorar nosso trabalho. Estamos fazendo bastante trabalho de código aberto. Também estamos trabalhando em novas tecnologias para identificar pessoas desaparecidas”, disse Despres.

O CICV recebeu 50.000 pedidos para encontrar parentes na Ucrânia

“Temos projetos que usam tecnologia de reconhecimento facial – por exemplo, para que possamos comparar uma imagem com rostos em nosso banco de dados. Você pode imaginar que isso é muito mais rápido do que se pesquisássemos (dados – ed.) em arquivos” – ele adicionado.
Ele destacou que desde fevereiro o número de funcionários do CICV na Ucrânia aumentou significativamente. “Agora temos cerca de 700 funcionários no país. Cerca de 150 deles são funcionários internacionais, o restante são ucranianos”, disse Despres.

Voluntários terão acesso ao banco de dados para busca de desaparecidos em 2023



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado