Parlamento Europeu apoia adesão da Moldávia à União Europeia, segundo Kishinau


O Parlamento Europeu seguirá apoiando a Moldávia em seu processo de integração europeia, informou neste domingo (8) o serviço de imprensa do governo moldavo.
Natalia Gavrilitsa, primeira-ministra da Moldávia, completou no domingo (8) uma visita de trabalho à Alemanha, onde participou de uma reunião do grupo parlamentar da União Cristão-Social na Baviera, e se encontrou com Roberta Metsola, presidente do Parlamento Europeu.
Panorama internacional

Moldávia pode autorizar entrada de tropas da OTAN a qualquer momento, diz ex-presidente

“O Parlamento Europeu continuará apoiando a Moldávia no processo de preparação para a adesão à União Europeia. As medidas a serem tomadas pelas autoridades moldavas foram discutidas em Berlim em uma reunião entre Gavrilitsa e Metsola”, disse o serviço de imprensa.
“A premiê moldava sublinhou que o governo moldavo apoiará as reformas destinadas a melhorar o padrão de vida na Moldávia e aumentar a sustentabilidade econômica do país. Também foram discutidas a situação da segurança na região e as crises causadas pelos eventos na Ucrânia.”
Os chefes de Estado e de governo da União Europeia aprovaram em 23 de junho de 2022, em uma cúpula em Bruxelas, Bélgica, a concessão à Ucrânia e à Moldávia do status de candidatos para a adesão à união. Em outubro desse ano aconteceu a primeira reunião da comissão de integração europeia na Moldávia. Ela discutiu a necessidade de reformas em diversas áreas e defendeu a criação de 35 grupos de trabalho para ajustar a legislação local aos padrões europeus.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor