União Europeia reduz retirada de gás de seus depósitos subterrâneos e aumenta energia eólica


A União Europeia (UE) reduziu a taxa de retirada de gás de suas instalações subterrâneas de armazenamento e quase dobrou o volume de geração de eletricidade a partir dos parques eólicos, mostram no domingo (8) dados da Infraestrutura de Gás da Europa (GIE, na sigla em inglês) e da associação WindEurope.
As instalações subterrâneas europeias estavam abastecidas em 83,21% no sábado (7), perdendo 0,02 pontos percentuais em um dia, segundo a GIE.
Panorama internacional

Alemanha recebe 1º lote de gás natural liquefeito dos EUA, diz Uniper

Ao mesmo tempo, as reservas de gás europeias continuam altas, no nível de 90,5 bilhões de metros cúbicos, o que é 35 bilhões de metros cúbicos acima da média do ano passado, revelam os dados.
Ao mesmo tempo, até este sábado (7), a UE aumentou a geração de energia nos parques eólicos, o que representa 28,4% do volume total diário, escreve a WindEurope.
Os Estados-membros da UE têm enfrentado uma alta na inflação desde meados de 2021, que acelerou em meio às perturbações causadas pela operação especial da Rússia na Ucrânia e às sanções impostas à Rússia por Bruxelas. Os preços da energia e dos alimentos têm sido os principais impulsionadores da inflação, apesar da recente redução dos futuros nos contratos de energia. Esses fatores deixam no ar o espectro de uma recessão futura ou já em curso.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor