Coletes amarelos voltam às ruas na França para barrar reforma da Previdência de Macron

[ad_1]

Embora os detalhes sobre o projeto previdenciário de Macron devam ser divulgados na próxima semana, a imprensa francesa aponta que a reforma aumentará a idade mínima de aposentadoria, dos atuais 62 anos para 64 ou 65 anos.
A reforma, que é rejeitada por dois terços da população e diversas organizações sindicais de trabalhadores do país, sinaliza meses de protestos pela frente, escreve a Rádio França Internacional.
A primeira manifestação dos coletes amarelos ocorrerá neste sábado (7), em protesto, também, contra o aumento dos custos da energia, dos combustíveis e da inflação. Chamados para passeatas em Paris e outras cidades francesas estão sendo mobilizados nas redes sociais.
Panorama internacional

Sindicatos na França anunciam greve maciça em protesto contra política energética de Macron

Segundo a imprensa francesa, “a rejeição massiva dos franceses à reforma da Previdência tem múltiplas razões”, como as condições de vida mais difíceis ante ao crescimento progressivo da inflação.
O principal argumento de resistência à reforma é a dificuldade de manter o emprego depois dos 55 anos. O próprio Ministério do Trabalho admite que só a metade das pessoas na faixa etária de 55 a 64 anos permanece empregada na França.
Para contornar a situação, o ministro do Trabalho, Olivier Dussopt, cogitou obrigar as empresas a publicar anualmente o número de pessoas que mantêm empregadas com mais de 55 anos.
Diversas cidades francesas, assim como o Reino Unido, conviveram com greves nos últimos meses. Em dezembro, os ferroviários de Paris paralisaram atividades no fim de semana do Natal.
Manifestação número 14 dos coletes amarelos em Paris, França, em 16 de fevereiro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2022

Panorama internacional

Com inflação alta, França, Bélgica, Reino Unido e Grécia enfrentam greves em setores críticos

[ad_2]

Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor