Biden e Scholz anunciam o envio de veículos de combate de infantaria à Ucrânia


Os Estados Unidos e a Alemanha pretendem fornecer à Ucrânia veículos de combate de infantaria e treinar tropas ucranianas para usá-los. A informação foi dada nesta quinta-feira (5), pelo presidente dos EUA, Joe Biden, e o chanceler alemão, Olaf Scholz, em declaração conjunta divulgada após uma conversa telefônica entre os dois líderes.

“O presidente Biden e o chanceler Scholz expressaram sua determinação comum de continuar a fornecer o apoio financeiro, humanitário, militar e diplomático necessário à Ucrânia pelo tempo que for necessário. Para esse fim, os Estados Unidos pretendem fornecer à Ucrânia veículos de combate de infantaria Bradley e a Alemanha pretende fornecer veículos de combate de infantaria Marder”, disse o comunicado.

Panorama internacional

Ajuda à Ucrânia piora situação material das Forças Armadas da Alemanha, diz parlamentar

O documento acrescentou que ambos os países planejam treinar forças ucranianas em seus respectivos sistemas. Além disso, segundo o comunicado, a Alemanha fornecerá à Ucrânia uma bateria adicional de defesa aérea Patriot, após a doação de uma unidade pelos EUA no final de dezembro, disse o comunicado conjunto.
Mais cedo, Washington anunciou o envio de um novo pacote de ajuda militar de quase US$ 3 bilhões (cerca de R$ 16 bilhões) à Ucrânia. O pacote visa obter o máximo de equipamento possível para a Ucrânia antes da primavera.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor