ONU nomeia general brasileiro para chefiar missão na África


A Organização das Nações Unidas (ONU) nomeou o general brasileiro Otávio Rodrigues de Miranda Filho para comandar a Missão da ONU para Estabilização na República Democrática do Congo (Monusco, na sigla em francês), na África.
A missão é uma das maiores operações de paz do mundo lideradas pela organização, com um total de 18.300 pessoas envolvidas, sendo 12.800 militares, 2.900 civis, 166 especialistas e 1.600 policiais.
A operação foi iniciada em 2010, para proteger a população congolesa que há décadas sofre com a violência de conflitos entre milícias locais. O primeiro comandante a chefiar a missão foi o general brasileiro Carlos Alberto dos Santos Cruz, que também liderou a missão Minustah, no Haiti, encerrada em 2017.
Notícias do Brasil

‘Forças Armadas do Brasil procuram apoiar, não intervir’, diz analista ante inspeção da ONU

Miranda substituirá o general brasileiro Marcos de Sá Affonso da Costa, que encerra o mandato à frente da missão em 28 de fevereiro. O anúncio foi dado na última quarta-feira (4), em comunicado oficial. O secretário-geral da ONU, António Guterres, informou estar profundamente grato a Affonso da Costa pelo seu serviço no comando da missão.
O general Otávio Miranda é formado em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) e é fluente em inglês, espanhol e francês. Ele tem vasta experiência em estrutura de comando e controle do Exército, e já atuou como adido militar junto à Embaixada do Brasil na China de 2014 a 2016.
Desde agosto de 2021, Miranda serve como comandante militar regional no norte do Brasil, sendo responsável pela logística e estrutura administrativa que fornece suporte a 32 organizações militares na Amazônia legal.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor