Maior banco da Rússia, Sberbank articula para abrir filial na China em 2023, diz executivo sênior

  Fact-checking  Autentic  DMCA  Report


O maior banco da Rússia, o Sberbank, planeja abrir uma filial na China até o final de 2023, afirmou Aleksandr Vedyakhin, primeiro vice-presidente do conselho executivo do banco, nesta segunda-feira (26).
“Espero que até o final de 2023 possamos abrir uma filial na China. Normalmente leva de um ano e meio a dois [para abertura de um banco], mas esperamos que até o final de 2023 já tenhamos um escritório neste país”, disse Vedyakhin.
O executivo acrescentou que o banco está se comunicando ativamente com o Banco Central da China sobre o assunto. O regulador chinês é “muito escrupuloso” e “solicita um grande número de documentos”, afirmou.
Anteriormente, o vice-ministro das Finanças da Rússia, Aleksei Moiseev, disse que o yuan chinês e o dirham dos Emirados Árabes Unidos podem se tornar as principais alternativas ao dólar e ao euro na Rússia.
Notícias do Brasil

Adeus, dólar? Banco Central do Brasil quadruplica reservas do yuan chinês

No início de setembro, o Sberbank disse que o yuan pode se tornar a “moeda número um” nas negociações na Bolsa de Moscou (MOEX) em um futuro próximo.
Em 2021, a participação da moeda chinesa nas negociações entre a Rússia e seus parceiros foi de 3%, mas o maior banco russo espera que seja de 10 a 12% este ano e de 20% ou mais no ano que vem.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking  Autentic  DMCA  Report