Bancos russos instruídos a desenvolver substitutos para Apple e Google Pay – mídia – CMIO

Ambos os serviços de pagamento não estão mais disponíveis no país devido a sanções ocidentais

Os bancos russos receberam ordens de criar um serviço de pagamento doméstico para substituir o Apple Pay e o Google Pay, informou a agência de notícias Kommersant na segunda-feira.

De acordo com o relatório, o Sistema Nacional de Cartões de Pagamento (NSPK) encarregou os bancos de criar um serviço que permitiria às pessoas pagar com seus cartões Mir usando um smartphone e um código QR. A NSPK é a operadora do sistema de pagamento Mir, um análogo russo do Visa e Mastercard, que também opera todos os pagamentos não monetários na Rússia.

A previsão é de que o novo serviço fique pronto no final de abril do ano que vem, e alcance 85% dos pontos de venda da Rússia até novembro.

Alma Obayeva, chefe do NSPK, disse à agência de notícias que a tecnologia é relativamente simples e barata de implementar.

O boletim operacional publicado em dezembro prevê a integração desse serviço por bancos e comerciantes até o final de abril de 2023. Esperamos que, nessa época, os bancos estejam prontos para testar o serviço e oferecer a seus clientes a oportunidade de efetuar pagamentos usando a tecnologia”, ela foi citada como tendo dito.

A NSPK observou, no entanto, que não pode forçar as empresas a adotar o novo sistema. Especialistas disseram à publicação que a mudança exigirá a substituição de até 2 milhões de terminais POS em lojas de varejo em toda a Rússia.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
EUA visam bancos que usam sistema de pagamento russo

Tanto o Apple Pay quanto o Google Pay pararam de funcionar na Rússia no início deste ano, depois que os países ocidentais impuseram sanções aos bancos russos.

Para mais histórias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte