China está pronta para reforçar parceria de alta tecnologia com a Rússia, diz vice-premiê chinês


Mais cedo, o vice-primeiro-ministro russo, Dmitry Chernyshenko e seu equivalente chinês, Hu Chunhua, realizaram, por meio de videoconferência, um diálogo no âmbito da comissão russo-chinesa sobre a preparação das reuniões regulares dos chefes de dos países.
Conforme publicou a agência chinesa de notícias Xinhua, o vice-premiê chinês ressaltou a disponibilidade da China para reforçar a dinâmica positiva no desenvolvimento da cooperação russo-chinesa na área comercial e de investimento.
“[Estamos prontos] para desenvolver ativamente a cooperação em novas áreas, como tecnologia da informação, proteção ambiental e construção urbana”, disse Hu Chunhua.

© Sputnik / Pavel BednyakovO ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, apertam as mãos durante sua reunião à margem da cúpula dos líderes do G20 em Bali, Indonésia, 15 de novembro de 2022

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, apertam as mãos durante sua reunião à margem da cúpula dos líderes do G20 em Bali, Indonésia, 15 de novembro de 2022
O representante disse ainda que a China está disposta a aprofundar a cooperação com a Rússia em áreas tradicionais como agricultura, transportes, aviação e no setor espacial.
“A China está pronta para fazer todos os esforços em conjunto com a Rússia para implementar os resultados das reuniões regulares dos primeiros-ministros dos dois países com base no consenso alcançado pelos líderes das duas nações”, acrescentou o funcionário.
O vice-primeiro-ministro russo, Dmitry Chernyshenko, por sua vez, afirmou que a cooperação entre Pequim e Moscou, em vários campos, vive um bom momento de desenvolvimento. Segundo ele, a Rússia está disposta a reforçar esforços conjuntos com a China para impulsionar a cooperação bilateral e contribuir para o desenvolvimento das relações sino-chinesas.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor