Merriam-Webster revela ‘palavra do ano’ – CMIO

O editor do dicionário de língua inglesa diz que as pesquisas por ‘gaslighting’ aumentaram mais de 1.000%

Gaslighting, um termo usado para descrever uma forma de manipulação psicológica, é a palavra do ano de 2022 da Merriam-Webster.

A mais antiga editora de dicionários dos EUA define gaslighting como fazer com que a vítima “questionar a validade de seus próprios pensamentos, percepção da realidade ou memórias”, entre outras coisas. Uma segunda definição é que o gaslighting é “o ato ou prática de enganar grosseiramente alguém, especialmente para vantagem própria.”

O editor geral da Merriam-Webster, Peter Sokolowski, disse à AP na segunda-feira que as buscas pela palavra aumentaram 1.740% este ano. Ele acrescentou que não houve um único evento que despertou a súbita curiosidade e interesse em ‘gaslighting’.

“É uma palavra que surgiu tão rapidamente na língua inglesa, especialmente nos últimos quatro anos, que na verdade foi uma surpresa para mim e para muitos de nós,” disse Sokolowski.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Dicionário britânico nomeia a palavra do ano

Acredita-se que a palavra foi popularizada pela primeira vez pela peça ‘Gas Light’ de 1938 e duas de suas adaptações cinematográficas feitas na década de 1940. No filme de 1944, um homem mente para uma mulher, convencendo-a de que o escurecimento das luzes a gás em sua casa era fruto de sua imaginação. Segundo Sokolowski, a morte da atriz Angela Lansbury, em outubro, que protagonizou o filme, contribuiu para o interesse pelo termo.

A editora do dicionário escolheu ‘pandemia’ como a palavra do ano de 2020, e ‘vacina’ no ano seguinte.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte