Desafio sistêmico: premiê britânico declara que 'era de ouro' entre Reino Unido e China acabou

  Fact-checking  Autentic  DMCA  Report


No entanto, ele acrescentou que o Reino Unido não pode ignorar a importância da China na política mundial.
“Vamos ser claros, a chamada ‘era de ouro’ acabou”, disse Rishi Sunak. Anteriormente, o atual primeiro-ministro britânico foi criticado por sua posição branda em relação à China.
Cientistas políticos indicam que, com este novo discurso, ele mostrou que vai assumir uma postura mais dura ou até mesmo agressiva em relação ao país asiático.
Sunak reconheceu que os legisladores do Reino Unido “precisam evoluir […] na abordagem para com a China“, uma vez que este país desempenha um papel fundamental na economia global.
“Reconhecemos que a China representa um desafio sistêmico aos nossos valores e interesses, um desafio que se torna mais agudo à medida que se move em direção a um autoritarismo ainda maior”, disse o premiê britânico.
Em 2015, o então chanceler do Tesouro, George Osborne, citou palavras dos embaixadores chineses de que o Reino Unido e a China estavam em uma “era de ouro” das relações bilaterais.
Panorama internacional

Reino Unido proíbe câmeras de vigilância chinesas em locais ‘sensíveis’ do governo

No entanto, desde então, a situação mudou. Liz Truss, a antecessora de Sunak, rotulou a China de “ameaça aguda” à ordem internacional baseada em regras. Pequim, por sua vez, rejeitou essas declarações dizendo que não passam de “conversa irresponsável”.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking  Autentic  DMCA  Report