Primeira remessa da vacina cubana Abdala contra COVID-19 chega ao México (VÍDEO)


As informações foram confirmadas pelas redes sociais do Ministério da Saúde mexicano, que também informou que as doses serão aplicadas a adultos.
A aeronave Hercules, da Força Aérea Mexicana, chegou na noite de ontem ao Aeroporto Internacional Felipe Ángeles (AIFA), em Zumpango. A aeronave chegou da capital cubana, Havana.
Desde 23 de dezembro de 2020, o México recebeu 217 remessas em 231 voos com mais de 250 milhões de vacinas da Pfizer-BioNTech, AstraZeneca, Sinovac, Gamaleya National Center for Epidemiology and Microbiology Research, CanSino Biologics, Johnson & Johnson, Moderna e Abdala.
Nesta sexta-feira [25], o governo do México recebeu, no Aeroporto Internacional Felipe Ángeles do Estado do México, a primeira remessa da vacina contra a COVID-19 Abdala, com quatro milhões de doses que serão utilizadas para imunizar adultos.
Em 20 de novembro de 2021, as autoridades de saúde mexicanas emitiram a autorização para o uso emergencial das vacinas anti-COVID Soberana 02 e Soberana Plus, desenvolvidas em Cuba.
O país caribenho conta com diversos imunizantes nacionais contra a COVID-19, como a Abdala, Soberana 02, Soberana Plus e Mambisa.
Todas as vacinas cubanas utilizam antígeno da proteína S do coronavírus. Mas os antígenos têm origem diferente. Assim, as vacinas Soberana usam antígeno recebido das células de mamíferos, enquanto a Mambisa e a Abdala são baseadas em células de levedura.
A vacina Mambisa nada mais é que um spray nasal que provoca imunidade sistemática e mucosa. Esta vacina também contém a proteína do vírus da hepatite B. A vantagem das vacinas cubanas é que podem ser armazenadas a temperaturas de dois a oito graus Celsius.
Propagação e combate à COVID-19

Cuba autoriza uso emergencial pediátrico da vacina Soberana Plus contra COVID-19





Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor