Rússia pondera trocar ativos congelados – ministro das finanças – CMIO

Uma troca com o Ocidente é “teoricamente” possível, segundo Anton Siluanov

Moscou está considerando trocar ativos estrangeiros congelados na Rússia por ativos russos apreendidos por países ocidentais, disse o ministro das Finanças, Anton Siluanov, na sexta-feira.

“Temos essas iniciativas em consideração”, o responsável confirmou em entrevista ao canal de televisão Rossiya 24, acrescentando que é importante observar os interesses dos investidores russos e estrangeiros nesta questão.

Ele observou que tal troca é “teoricamente” possível, mas seria necessário desenvolver opções legais que permitissem à Rússia usar os ativos congelados de investidores estrangeiros para acordos em troca de propriedades do país apreendidas no exterior. Siluanov acrescentou que o volume de ativos sancionados deve primeiro ser verificado e confirmado.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
UE congelou $ 70 bilhões em ativos russos – Politico

De acordo com estimativas russas divulgadas no início deste ano, quase US$ 300 bilhões em reservas de moeda estrangeira do país foram congeladas como parte das sanções ocidentais. Além disso, bilhões em ativos pertencentes a cidadãos e empresas russas foram presos.

Embora a UE esteja procurando maneiras de confiscar ativos russos, Moscou apontou que isso é ilegal sob a lei internacional e constituiria essencialmente roubo.

Para mais histórias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte