Arábia Saudita atingida por enchentes (VÍDEOS) — CMIO

Duas pessoas morreram depois que uma chuva excepcionalmente forte causou grandes inundações na cidade de Jeddah, na Arábia Saudita, na quinta-feira, disseram as autoridades locais.

O número de mortos foi anunciado no Twitter pelo porta-voz do Ministério da Defesa saudita, que pediu ao público que fique em casa.

O Centro Nacional de Meteorologia (NCM) disse que a quantidade de chuva atingiu 179 mm em seis horas, batendo o recorde anterior para a área estabelecido em 2009, quando inundações devastadoras resultaram na morte de mais de 100 pessoas, com outras 350 desaparecidas.

Vídeos de Jeddah mostram carros semi-submersos na água e sendo arrastados por fortes torrentes. Várias pessoas foram resgatadas de seus veículos, segundo a mídia local.

Jeddah, que está localizada na costa do Mar Vermelho e tem uma população de cerca de 4 milhões, é muitas vezes referida como “a porta de entrada para Meca”, a cidade mais sagrada do Islã. A chuva fez com que o tráfego na estrada entre Meca e Jeddah fosse suspenso por horas.

O aeroporto da cidade também disse que “devido às condições meteorológicas, a partida de alguns voos foi adiada.”

Escolas em Jeddah foram fechadas “para preservar a segurança” dos alunos, informou a Agência de Imprensa Saudita. Os alunos já tiveram um dia de folga na quarta-feira, quando foi declarado feriado nacional depois que a seleção de futebol da Arábia Saudita derrotou a Argentina na Copa do Mundo no Catar.

Mais de 2.500 trabalhadores foram mobilizados para Jeddah após a tempestade para lidar com as consequências da inundação e facilitar a restauração do tráfego.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte