Mundo

Empresas de energia austríacas atacadas com impostos inesperados – CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






O governo austríaco planeja introduzir um novo imposto inesperado sobre as empresas de energia, anunciaram o vice-chanceler Werner Kogler e o ministro das Finanças, Magnus Brunner, em entrevista coletiva na sexta-feira.

A taxa será de 40% do lucro excedente para empresas de petróleo e gás, de acordo com o anúncio.

Como explicou Kogler, o governo tomará como base para o imposto o lucro médio de uma empresa entre 2018 e 2021. Se o lucro atual for mais de 20% acima dessa média, 40% serão desnatados como um imposto inesperado. No entanto, como o imposto corporativo sobre esse lucro continuará a ser devido, as empresas acabarão abrindo mão de um total de 65% desses lucros, acrescentou Kogler.

Ele observou também que, se uma empresa provar que está investindo em energia renovável, a taxa cai de 40% para 33%.

Além do novo imposto inesperado sobre as empresas de petróleo e gás, os fornecedores de energia também verão os lucros excedentes tributados. As concessionárias estarão sujeitas a uma taxa de imposto de 90% sobre quaisquer lucros superiores a € 180 por megawatt-hora, explicou Kogler.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Austríacos instados a economizar ‘cada quilowatt-hora’

Ambas as taxas estarão em vigor até o final de 2023. O imposto sobre empresas de petróleo e gás será aplicado retroativamente, a partir de 1º de julho, enquanto o das concessionárias de energia entrará em vigor em 1º de dezembro de 2022.

Para mais histórias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.