Mundo

'Dias de dinheiro sem fim para a Ucrânia estão contados', diz congressista republicano dos EUA

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







“Estou aqui como membro do Comitê de Serviços Armados da Câmara para dizer que os dias de dinheiro sem fim e material militar para a Ucrânia estão contados”, disse o congressista Matt Gaetz nesta quinta-feira (17).

Gaetz prometeu não votar por mais um dólar ou mais uma peça de equipamento militar para a Ucrânia diante do conflito com a Rússia. O representante destacou a resolução apresentada pela congressista republicana Marjorie Taylor Greene nesta quinta-feira para realizar uma auditoria ao financiamento militar dos EUA à Ucrânia.

“Eles estão contados nos dias necessários para agir sobre a bem pensada resolução de inquérito da congressista Greene e estão contados quando chegarmos à maioria”, completou.

Gaetz também pediu ao Secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, que desclassifique o relatório do inspetor-geral sobre o cumprimento dos regulamentos existentes sobre a cadeia de custódia do material que vai para a Ucrânia.
Panorama internacional

OTAN admite que Zelensky ‘mentiu abertamente’ sobre ataque à Polônia, observadores criticam Kiev

Auditoria do financiamento à Ucrânia

Greene anunciou a iniciativa da auditoria em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (17).

“Gostaria de anunciar que apresentei uma resolução privilegiada, e o que isso fará é responsabilizar nosso governo por todo o financiamento para a Ucrânia”, disse Greene. “Pedimos tudo em matéria de ajuda militar, civil e financeira. Queremos tudo.”

Além de Greene e Gaetz, republicanos como Thomas Massie e Matt Rosendale anunciaram sua intenção de iniciar auditorias de fundos destinados pelo Congresso para a Ucrânia.
A legisladora destaca que os contribuintes americanos merecem saber para onde está indo seu dinheiro. O doador democrata Sam Bankman-Fried também pode ser alvo de investigador por supostos laços entre ele, sua exchange cripto FTX e o governo ucraniano.
Se o Congresso decidir votar contra a resolução na atual legislatura, os republicanos a apresentarão novamente no ano que vem, já com os novos representantes, disse Greene.
A parlamentar afirma que a Ucrânia deve ser instruída a iniciar negociações para uma resolução pacífica do conflito. Greene referiu-se ao envolvimento dos EUA na Ucrânia como uma “guerra por procuração” com a Rússia.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.