Mundo

Irã diz que vários agentes de inteligência da França foram presos em protestos; Macron pede 'calma'

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







Nesta quarta-feira (16), vários agentes da inteligência francesa foram presos em conexão com protestos no Irã, disse o ministro do Interior do país, Ahmad Vahidi, em meio a persistentes manifestações que aumentaram as tensões com o Ocidente.
“Pessoas de outras nacionalidades foram presas nos tumultos, algumas das quais desempenharam um papel importante. Havia elementos da agência de inteligência francesa e eles serão tratados de acordo com a lei”, disse Vahidi segundo a Reuters.
A República Islâmica acusou os adversários ocidentais de alimentar a agitação nacional desencadeada pela morte da jovem curda iraniana Mahsa Amini em 16 de setembro.
Panorama internacional

Embaixada da Alemanha coordenou protestos no Irã, segundo mídia

Já o presidente francês, Emmanuel Macron, disse durante a cúpula do G20 nesta semana que “o Irã está sendo cada vez mais agressivo com a França ao deter seus cidadãos”, segundo a mídia.
“Vejo uma agressividade crescente do Irã em relação a nós com sua inaceitável tomada de reféns [e] uma agressividade regional […]. Peço ao Irã que retorne à calma e ao espírito de cooperação. Peço que respeite a estabilidade regional e também os cidadãos franceses”, afirmou Macron.
Na semana passada, a ministra das Relações Exteriores da França, Catherine Colonna, disse que sete cidadãos franceses foram detidos em território iraniano.
Desde que os protestos em todo o país começarammais de dois meses, Teerã convocou vários embaixadores estrangeiros por causa dos comentários sobre os distúrbios feitos por seus funcionários.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.