Mundo

EUA estudam modificar drones armados Gray Eagle para enviá-los à Ucrânia, revela mídia

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







Há ajustes específicos e muito técnicos e neutralidade que podem ser realizados a estes [drones] para tornar [a entrega] possível em um prazo mais curto“, afirmou um funcionário do Congresso, citado pela CNN, sobre as possíveis modificações e a possibilidade de enviar drones adaptados para a Ucrânia. “Mas essas coisas levam tempo e são bastante complexas.”
A notícia acrescenta que as modificações protegeriam a tecnologia sensível dos EUA e tornariam a perda de quaisquer drones no campo de batalha menos perigosa para os norte-americanos.
O Exército dos EUA está atualmente conduzindo esforços para estudar possíveis alterações nos drones, que podem transportar quatro mísseis Hellfire e operar em altitude de aproximadamente 7.600 metros por quase 30 horas.
“Estes são sistemas muito caros e há preocupações de que eles possam ser derrubados”, disse outro funcionário na condição de anonimato.
Operação especial militar russa

EUA se recusam a fornecer drones Gray Eagle à Ucrânia por temerem escalada, diz mídia

Seth Jones, que direciona o Programa de Segurança Internacional e do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS), disse à mídia que a tecnologia sensível provavelmente se concentra nas capacidades e sensores de aquisição de imagens e inteligência. O especialista ressaltou acreditar que os receios dos EUA estão enraizados em não querer escalar o conflito com a Rússia.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.