Mundo

Trump novamente pediu ao tribunal para revisar seu bloqueio no Twitter

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






WASHINGTON, 15 de novembro – RIA Novosti. Representantes do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, estão pedindo ao tribunal de apelações que reverta a decisão de primeira instância sobre a legalidade de seu bloqueio no Twitter e reconsidere o caso em favor do restabelecimento da conta.
“A decisão deve ser revertida e o caso devolvido para consideração posterior”, diz a declaração de reivindicação.
Os representantes de Trump exigem o pagamento de uma indenização e o retorno do cliente à plataforma, diz o documento. E embora o próprio político tenha declarado anteriormente que não pretendia usar o serviço de microblog, mas preferia sua própria rede social Truth Social, os advogados insistem que ele deveria ter a oportunidade de voltar.
Em maio, um tribunal da Califórnia rejeitou o processo de Trump contra o Twitter para restaurar sua conta e pagar pelos danos causados ​​por seu bloqueio.
O Twitter suspendeu a conta de Trump indefinidamente em 8 de janeiro de 2021, dois dias depois que seus apoiadores invadiram o Capitólio em uma tentativa de interromper a aprovação parlamentar da vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais dos Estados Unidos. A rede social então explicou sua decisão como “o risco de uma nova incitação à violência”.

Mídia: anunciantes do Twitter estão preocupados com planos de restaurar a conta de Trump



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.