Mundo

Mídia: Inteligência dos EUA acredita que os Emirados Árabes Unidos tentaram interferir na política dos EUA

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






WASHINGTON, 13 de novembro – RIA Novosti. A inteligência dos EUA estabeleceu que os Emirados Árabes Unidos tentaram interferir na política externa dos EUA, de acordo com o Washington Post.
A inteligência dos EUA compilou um relatório confidencial detalhando as extensas tentativas dos Emirados Árabes Unidos de manipular o sistema político dos EUA.

Biden promete fortalecer a democracia “em casa e em todo o mundo

Este jornal foi contado por várias pessoas que leram a reportagem. O documento falava de tentativas legais e ilegais de direcionar a política externa dos EUA em favor dos Emirados. Alegadamente, esses desejos de explorar vulnerabilidades no sistema de governança americano abraçaram várias administrações dos EUA, diz o relatório. A inteligência aponta para a dependência do sistema dos EUA em contribuições de campanha, suscetibilidade a lobistas e aplicação frouxa de leis de divulgação para proteger contra interferência de governos estrangeiros. Algumas das operações descritas no documento são semelhantes à espionagem, informa o jornal.
Os Emirados Árabes Unidos também gastaram mais de US$ 154 milhões em lobistas desde 2016 e centenas de milhões a mais em doações para organizações especializadas e universidades que elaboraram documentos políticos para o Estado do Golfo, segundo o relatório.
Especificamente, o relatório se refere à contratação pelos Emirados Árabes Unidos de três ex-funcionários de inteligência dos EUA que rastrearam dissidentes e políticos, ajudaram a hackear computadores nos Estados Unidos, no ano passado eles admitiram em tribunal fornecer tecnologia sofisticada de hackers para os Emirados e concordaram em pagar cerca de 1. $. Multa de 7 milhões, indica a publicação.
O Conselho Nacional de Inteligência levou o conteúdo do documento à alta liderança americana, segundo o relatório. Ao mesmo tempo, a embaixada dos Emirados Árabes Unidos disse estar orgulhosa da influência do país nos Estados Unidos, que foi “alcançada com dificuldade” e “bem merecida”, disse o relatório.

Democratas se agarram ao poder nos EUA, disse Chepa



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.