Mundo

Biden volta a confundir Ucrânia com Iraque — CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






O presidente dos EUA, Joe Biden, voltou a confundir a missão militar de seu país no Iraque com a operação russa na Ucrânia. Comentando a notícia de que Moscou estava retirando forças da cidade de Kherson, ele a chamou erroneamente de Fallujah.

A gafe aconteceu durante uma entrevista coletiva na quarta-feira, quando Biden explicou como Washington aceitou o anúncio de Moscou de que estava redistribuindo tropas da margem direita do rio Dnieper, onde fica a capital regional de Kherson. Fallujah, por sua vez, foi o local de intensos combates em 2004 durante a guerra dos EUA no Iraque.

A Rússia incorporou a antiga região ucraniana no mês passado, depois que seus moradores votaram em um referendo em apoio à mudança. As autoridades regionais têm instado os moradores de Kherson a sair, citando uma ameaça representada pelas tropas ucranianas. Na quarta-feira, o Ministério da Defesa da Rússia anunciou que estava retirando forças e assumindo posições defensivas na margem esquerda do Dnieper, dizendo que a medida era necessária para salvar a vida dos soldados e se reagrupar para ação em outros lugares.

Depois de se corrigir e esclarecer que estava se referindo a Kherson e não a Fallujah, como havia dito inicialmente, Biden avaliou que os russos iriam “lamber suas feridas, decidir se – o que eles vão fazer durante o inverno e decidir se eles vão ou não se comprometer.”

Na semana passada, Biden confundiu a Ucrânia com o Iraque em comentários feitos na Flórida, enquanto culpava o conflito pelo aumento global da inflação.

“Quero dizer, com licença, a guerra na Ucrânia”, ele se corrigiu. “Estou pensando no Iraque porque foi onde meu filho morreu.”

Beau Biden morreu em 2015 de câncer no cérebro, que seu pai liga à exposição a fumaça tóxica de poços de queimados usados ​​pelos militares dos EUA para descartar resíduos em bases em países estrangeiros. Beau foi enviado ao Iraque em 2008 como parte da Guarda Nacional do Exército de Delaware.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Biden pede ‘olhar para’ a ‘cooperação’ de Musk com países estrangeiros

Em seu discurso sobre o Estado da União em março, Biden chamou o povo ucraniano “Iraniano” como ele prometeu o apoio de seu governo para eles.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:



Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.