Mundo

Fornecimento de gás russo se afastando do Ocidente — CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






As remessas para países não pertencentes à CEI caíram mais de 40%, enquanto as exportações para a China estão aumentando, segundo a Gazprom

O fornecimento de gás natural da gigante russa de energia Gazprom para países fora da Comunidade de Estados Independentes, uma categoria que inclui a maior parte da UE, diminuiu 42,6% em janeiro-outubro em relação ao mesmo período do ano passado, anunciou a empresa na terça-feira.

Segundo o relatório, as exportações somaram 91,2 bilhões de metros cúbicos (bcm) de gás, o que é 67,6 bcm a menos que nos primeiros dez meses de 2021.

“A Gazprom fornece gás de acordo com as aplicações confirmadas”, a empresa escreveu em um post do Telegram.

No ano passado, a empresa aumentou as exportações de gás para países fora da CEI em 5,8 bilhões de metros cúbicos, até 185,1 bcm.

Enquanto isso, as exportações para a China através do gasoduto Power of Siberia continuaram a crescer sob o contrato bilateral de longo prazo da empresa russa. De acordo com a Gazprom, as entregas através do mega gasoduto excedem regularmente as obrigações contratuais diárias.

A Gazprom começou a bombear gás para a China através do gasoduto de 3.000 km (1.864 milhas) em 2019. Também conhecida como Rota Oriental, a capacidade do Poder da Sibéria é de 61 bilhões de metros cúbicos de gás por ano, incluindo 38 bilhões de metros cúbicos para exportação. Moscou e Pequim estão atualmente planejando outra importante rota de gás através da Mongólia chamada Soyuz Vostok. A Gazprom está finalizando os detalhes da construção do projeto.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.