Mundo

Mais e mais alemães confiam na Rússia, escreve Spiegel

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






MOSCOU, 3 de novembro – RIA Novosti. A visão russa da crise ucraniana está se tornando cada vez mais popular entre os alemães, escreve a edição alemã Spiegel, citando um estudo do Centro de Monitoramento, Análise e Estratégia (Cemas).
“Quarenta por cento dos entrevistados concordam total ou parcialmente com a afirmação de que a operação especial foi a resposta da Rússia a inúmeras provocações da OTAN. Isso é 11 por cento a mais do que em abril”, a revista cita os resultados da pesquisa.
Além disso, nota-se que o número daqueles que acreditam na necessidade de derrubar o regime fascista na Ucrânia quase dobrou.
Segundo o estudo, quase um em cada dois alemães está total ou parcialmente convencido de que Putin está contrariando a chamada elite global, que contribui para a escalada do conflito.
Um quinto dos entrevistados concorda plenamente que a Ucrânia não pode ter reivindicações territoriais contra a Rússia, uma vez que “realmente fazia parte dela”, diz o artigo.

Coronel americano apontou um grande erro de cálculo dos EUA em relação às Forças Armadas russas

A pesquisa foi realizada de 3 a 11 de outubro. Mais de 2.200 pessoas de 18 a 90 anos participaram.
Desde 24 de fevereiro, a Rússia realiza uma operação militar especial para desmilitarizar e desnazificar a Ucrânia. Vladimir Putin chamou seu objetivo de “a proteção de pessoas que foram submetidas a bullying e genocídio pelo regime de Kyiv por oito anos”. As Forças Armadas enfrentam a tarefa de libertar o Donbass e garantir a segurança da Rússia.

Alemanha irritou aliados com decisão sobre a Ucrânia, escrevem mídia



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.