Mundo

Mídia: na Lituânia, o número de pessoas que desejam se juntar às formações armadas aumentou

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






MOSCOU, 31 de outubro – RIA Novosti. O número de pessoas que desejam se juntar às fileiras das formações armadas está crescendo na Lituânia, o número de membros da União dos Fuzileiros Lituanos já ultrapassa 8 mil pessoas, muitos se juntaram às fileiras de mercenários na Ucrânia, informa a Sky News.
“Formações armadas voluntárias enfrentam uma onda de candidatos que querem defender seu país”, disse o canal em comunicado.
Como o canal de TV foi informado no Sindicato dos Fuzileiros da Lituânia, o número de membros do sindicato cresceu de 5,4 mil pessoas no início do ano para mais de 8 mil atualmente.
“Outros se juntaram à legião estrangeira na Ucrânia”, relata a Sky News.

Lituânia vai reparar pelo menos 12 obuses Panzerhaubitze 2000 para a Ucrânia

Ao mesmo tempo, como observa o canal de TV, vários moradores da cidade de Vishtitis, no corredor de Suwalki, temem que, se a Ucrânia for derrotada, possam estar em perigo. Alguns moradores até se prepararam para partir para a Polônia. O corredor Suwalki é a única fronteira comum entre os países bálticos e outros membros da OTAN. Ao mesmo tempo, como disse à RIA Novosti o governador da região de Kaliningrado, Anton Alikhanov, nada ameaça a segurança do corredor de Suwalki, e os Estados Unidos estão interessados ​​na militarização da Lituânia.
A União dos Fuzileiros Lituanos foi organizada em 1919. Depois que a Lituânia se juntou à URSS em 1940, a organização foi banida, a maioria de seus membros foi presa. Após a Segunda Guerra Mundial, os membros do sindicato se juntaram aos “irmãos da floresta” – grupos armados de mentalidade nacionalista que operavam na república nas décadas de 1940 e 1950.

O Ministério das Relações Exteriores oferecerá novas opções para o trânsito de cargas de Kaliningrado



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.