Mundo

Banco Mundial: teto de preço do petróleo da Rússia precisaria de mais países para funcionar

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







O plano do G7 de impor um teto de preço ao petróleo exportado pela Rússia precisa da participação de mais países para poder funcionar, concluiu o Banco Mundial no seu relatório sobre o mercado de mercadorias de outubro de 2022.
“O teto de preço do petróleo proposto pelo G7 poderia afetar o fluxo de petróleo da Rússia, mas é um mecanismo não testado e precisaria da participação de grandes mercados emergentes e economias em desenvolvimento para atingir seus objetivos”, previu o relatório.
Segundo a publicação, a Rússia poderá enfrentar obstáculos significantes em exportar o petróleo, mas “os participantes do mercado podem encontrar formas de contornar as sanções, como aconteceu frequentemente com outros episódios de sanções”.

Detalhes do plano

Em setembro o Grupo dos Sete, ou G7, composto por Alemanha, Canadá, EUA, França, Itália, Japão e Reino Unido, concordou que se esforçará para limitar o preço do petróleo russo para um mínimo estipulado pela organização. Os Estados-membros pretendem que o limite entre em vigor em 5 de dezembro, quando iniciar a proibição de exportação à Europa de quase todo o petróleo russo. No entanto, o valor final do teto de preço ainda não foi determinado.
Segundo o plano, as empresas bancárias, de seguros e de navegação serão proibidas de prestar serviços às empresas russas que vendem petróleo a um preço acima do limite estabelecido. No entanto, artigos publicados ao longo dos meses revelam que a Rússia e os clientes envolvidos no transporte de petróleo estão formando seus próprios leques de serviços e desviando as bases de operações da Europa para a Ásia, em aparente tentativa de evitar a venda do hidrocarboneto sob o teto de preço.
Panorama internacional

Bloomberg: EUA flexibilizam teto dos preços ao petróleo russo apesar da oposição dos aliados

Moscou comunicou repetidamente que não exportará petróleo para países que participarem do teto de preço.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.