Mundo

Suíça ‘neutra’ defende suas sanções contra a Rússia — CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Um relatório do Conselho Federal afirma que as restrições estão alinhadas com a política nacional de longa data

A Suíça permanece tão neutra quanto em 1993, quando o país redefiniu a política em seu ‘Livro Branco’, um novo relatório do Conselho Federal afirmou na quarta-feira.

Apesar das últimas tribulações políticas globais, a interpretação de Berna sobre o termo não mudou, conclui o documento, encomendado pela comissão de política externa do parlamento suíço.

Em maio, o presidente suíço Ignazio Cassis, que também é ministro das Relações Exteriores, falou sobre “neutralidade cooperativa” durante o Fórum Econômico Mundial em Davos. Isso levou alguns a questionar se Berna estava prestes a redefinir sua neutralidade.

Após meses de trabalho, o mais alto órgão executivo da Suíça deixou claro, no entanto, que nenhuma mudança foi feita na política central do país.

“O Conselho Federal chega assim à conclusão de que irá aderir à prática de neutralidade estabelecida em 1993 e continuada desde então”, o documento lê.


Putin estende proibição de comércio com países 'hostis'

De acordo com o relatório, a neutralidade, como é entendida atualmente na Suíça, ainda oferece um “espaço de manobra grande o suficiente para ação”, e cumpre seu propósito na segurança e na política externa de Berna.

O Conselho Federal também defendeu sua decisão de impor sanções à Rússia após o início da operação militar na Ucrânia.

“Neutralidade não significa indiferença diante de violações fundamentais do direito internacional” os funcionários argumentaram, acrescentando que participar das sanções da UE a Moscou no final de fevereiro estava de acordo com a política.

A decisão de Berna na época levou a um debate em casa sobre o significado da “neutralidade” suíça.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.