Mundo

Casa Branca responde ao apelo dos legisladores dos EUA para negociações com a Rússia – CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Autoridades dos EUA rejeitaram a ideia de conversas diretas com Moscou sem o envolvimento de Kiev, depois que um grupo de 30 democratas da Câmara escreveu uma carta pedindo ao presidente Joe Biden que buscasse um fim diplomático para o conflito na Ucrânia.

“Fomos muito claros: nada sobre a Ucrânia sem a Ucrânia” A secretária de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, disse a repórteres na segunda-feira, acrescentando que “esta é uma decisão que o presidente [Vladimir] Zelensky terá que fazer quando se trata de qualquer tipo de conversa com a Rússia, qualquer tipo de negociação.”

O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos EUA, John Kirby, afirmou na segunda-feira que os ucranianos devem fazer parte de quaisquer negociações futuras.

“Não vamos ter conversas com a liderança russa sem que os ucranianos estejam representados” Kirby disse, conforme citado pelo Washington Post. “Senhor. Zelensky determina – porque é o país dele – como é o sucesso e quando negociar.”


Grupo de democratas pede conversas diretas EUA-Rússia

Kirby observou que o governo Biden “agradece [the lawmakers’] preocupações muito ponderadas”, enquanto Jean-Pierre admitiu que não tinha visto a carta. Ambos, no entanto, insistiram que o presidente russo, Vladimir Putin, poderia optar por acabar com o conflito. “a qualquer momento.”

Em uma carta à Casa Branca na segunda-feira, a presidente do Congressional Progressive Caucus, Pramila Jayapal (Washington), citou o “destruição” da Ucrânia, a ameaça de guerra nuclear e a turbulência econômica que atingiu a Europa como razões para buscar um acordo negociado.


Kremlin aberto a negociações com a Ucrânia

Assinada por progressistas proeminentes, incluindo Ro Khanna (Pensilvânia), Ilhan Omar (Minnesota) e Alexandria Ocasio-Cortez (Nova York), a carta reconheceu que a decisão final sobre quando retornar à mesa de negociações continua sendo da Ucrânia. No entanto, concluiu instando Biden a abrir “conversas diretas com a Rússia”, sem sugerir que tipo de compromissos os legisladores acham que a Ucrânia deveria fazer para a paz.

O presidente da Ucrânia disse anteriormente que nunca negociaria com a Rússia enquanto Putin estiver no poder, e prometeu tomar as quatro regiões anteriormente ucranianas que recentemente se juntaram à Federação Russa, bem como a Crimeia, que votou para se juntar à Rússia em 2014.

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.