Mundo

Trump ‘não é homem o suficiente’ para testemunhar – Pelosi – CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






O ex-presidente dos EUA já havia enviado uma carta irada ao comitê de 6 de janeiro, chamando sua investigação de “charada e caça às bruxas”.

A presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, afirmou no domingo que o ex-presidente Donald Trump não teve coragem de responder a uma intimação e testemunhar perante o comitê liderado pelos democratas que investiga o motim de 6 de janeiro no Capitólio.

“Eu não acho que ele é homem o suficiente para aparecer. Eu não acho que seus advogados vão querer que ele apareça porque ele tem que testemunhar sob juramento”. Pelosi disse à MSNBC. “Vamos ver se ele é homem o suficiente para aparecer.”

Composto por sete democratas e dois republicanos anti-Trump, o comitê passou mais de um ano analisando os eventos de 6 de janeiro. Em várias audiências televisionadas de alto nível, o comitê tentou provar que Trump era o responsável pelo tumulto, que interrompeu brevemente a certificação do Congresso da vitória eleitoral do presidente Joe Biden em novembro anterior.

O comitê emitiu uma intimação na semana passada, pedindo a Trump que depusesse antes de 14 de novembro. Embora Trump não tenha descartado comparecer perante o comitê, ele enviou uma carta ao seu presidente, o representante do Mississippi Bernie Thompson, uma semana antes, ridicularizando a investigação do painel como uma “charada e caça às bruxas”.

Chamando os membros da comissão “hacks e bandidos políticos altamente partidários”, Trump defendeu os manifestantes de 6 de janeiro como “patriotas americanos trabalhadores”, e condenou os democratas por não investigar suas alegações de fraude eleitoral. A carta de Trump incluía um apêndice de 12 páginas detalhando irregularidades na votação em cinco estados indecisos.

Apenas um ex-presidente – Harry Truman – já foi intimado pelo Congresso. Truman recusou a convocação de 1953, argumentando que respondê-la seria abrir um precedente perigoso.

Em última análise, o comitê pode recomendar que o Departamento de Justiça apresente acusações criminais contra Trump. Sem expor nenhuma ofensa específica que Trump possa ter cometido, a deputada Liz Cheney disse à NBC News no domingo que havia “uma série de diferentes ofensas criminais que provavelmente estão em questão aqui”.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.