Mundo

Pelosi discorda de EUA enviarem ajuda ilimitada a Kyiv

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






WASHINGTON, 25 de outubro – RIA Novosti. A presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, rejeitou na segunda-feira as críticas de alguns representantes do Partido Republicano sobre a alocação de assistência financeira à Ucrânia, dizendo que Washington nunca foi guiado pelo princípio da “carta branca” neste assunto.
“Não damos carta branca à Ucrânia. Nunca demos carta branca à Ucrânia… É uma relação muito honesta em nome da democracia e da liberdade em todo o mundo“, disse Pelosi durante uma entrevista coletiva em Zagreb. O evento foi transmitido online.
Ela também expressou confiança de que Washington não deixará de apoiar Kyiv se, de acordo com os resultados das eleições de meio de mandato nos Estados Unidos, a maioria dos assentos no Congresso for conquistada pelos republicanos. A esse respeito, Pelosi lembrou que o apoio à Ucrânia entre os congressistas dos EUA é bipartidário.
“Esse apoio está presente tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado, e começa na Casa Branca com nosso presidente (Joe Biden)”, enfatizou a deputada sênior.
A Rússia lançou uma operação militar na Ucrânia em 24 de fevereiro. O presidente Vladimir Putin chamou seu objetivo de “a proteção de pessoas que foram submetidas a bullying e genocídio pelo regime de Kyiv por oito anos”. Para isso, segundo ele, está prevista a “desmilitarização e desnazificação da Ucrânia”, para levar à justiça todos os criminosos de guerra responsáveis ​​por “crimes sangrentos contra civis” no Donbass.
A Rússia já havia enviado uma nota aos países da OTAN por causa do fornecimento de armas à Ucrânia. O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, observou que qualquer carga que contenha armas para a Ucrânia se tornará um alvo legítimo para a Rússia. O Ministério das Relações Exteriores da Federação Russa afirmou que os países da OTAN estão “brincando com fogo” fornecendo armas à Ucrânia. O secretário de imprensa do presidente da Federação Russa, Dmitry Peskov, observou que bombear a Ucrânia com armas do Ocidente não contribui para o sucesso das negociações russo-ucranianas e terá um efeito negativo.

Pelosi: Congresso está considerando o pedido de Biden de assistência sem precedentes à Ucrânia



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.