Mundo

EUA aprovam venda de mísseis avançados para aliado do Oriente Médio – CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






O Departamento de Estado deu sinal verde para a entrega de sistemas de defesa aérea NASAMS ao Kuwait

O Departamento de Estado dos EUA autorizou a venda do National Advanced Surface-to-Air Missile System (NASAMS) e do Medium Range Air Defense System (MRADS) para o Kuwait, anunciou o Pentágono na quinta-feira.

Em um comunicado, a Agência de Cooperação de Defesa dos EUA chamou o Kuwait “um grande aliado não-OTAN.” O acordo proposto, no valor de US$ 3 bilhões, aumentará a capacidade do país de “defender-se contra atores malignos regionais” e melhorar a interoperabilidade com as armas usadas pelas tropas americanas e outros países do Golfo, observou a agência.

Além disso, o pacote inclui sete radares de defesa aérea AN/MPQ-64FI Sentinel, dezenas de mísseis de vários tipos e outros equipamentos.

A notícia chega duas semanas depois que os EUA aprovaram um contrato de US$ 250 milhões para vender munição para tanques M102 Abrams para o Kuwait.


Parlamentares dos EUA querem punir Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos

Fazendo fronteira com o Iraque ao norte e a Arábia Saudita ao sul, o Kuwait, rico em petróleo, é membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP). No início de agosto, Washington autorizou a venda de equipamentos militares para dois outros membros da organização: interceptores de mísseis Terminal High Altitude Area Defense (THAAD) para os Emirados Árabes Unidos e sistemas de mísseis terra-ar MIM-104 Patriot para a Arábia Saudita.

No entanto, apenas na semana passada, três membros do Congresso dos EUA propuseram punir os dois estados por sua decisão de corte de produção de petróleo, retirando tropas e sistemas de defesa antimísseis dos países. Segundo os parlamentares, a medida para reduzir a produção significa que, em meio à crise energética em curso, Arábia Saudita e Emirados Árabes “escolhido para ficar do lado da Rússia”.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.