Mundo

Tropas de Israel entram em confronto com palestinos em busca por atirador; brasileiro foi baleado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







As forças de segurança de Israel procuram o atirador por trás de um ataque mortal em um posto de controle de Jerusalém Oriental que ocorreu na noite de ontem (8). Um soldado brasileiro foi uma das três vítimas do ataque. Ele está em estado de saúde crítico.
Segundo o Centro Médico Hadassah, onde ele está internado, o homem de 30 anos é David Morel, natural de Belém do Pará. David morava em Israel há sete anos e havia se mudado para Jerusalém recentemente.
Em meio às buscas neste domingo (9), as autoridades de segurança de Israel entraram em confronto com palestinos no campo de refugiados Shuafa.
Panorama internacional

Israel diz que frustrou plano do Hamas de lançar série de ataques a bomba contra judeus

Segundo informações do jornal The Times of Israel, um grande número de policiais, soldados e agentes do serviço de segurança federal estavam realizando uma caçada contra o atirador que teria aparecido no campo de refugiados de Shuafat. Um helicóptero também foi usado para auxiliar a perseguição.
O acesso ao campo de refugiados foi fortemente restringido. Em meio à caça, as forças que invadiram Shuafat foram confrontadas por dezenas de palestinos, que atiraram pedras e fogos de artifício contra as tropas.
A polícia informou que “métodos de dispersão de distúrbios” foram usados ​​para expulsar manifestantes.

Tropas israelenses patrulham o setor ocupado por Israel nas Colinas de Golã (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 06.10.2022

Panorama internacional

Israel coloca FDI em alerta no norte do país após tensão com Líbano elevar por acordo marítimo

“O campo de refugiados está completamente cercado. Pode levar horas, dias, mas vamos pegá-lo”, disse o ministro da Segurança Pública, Omer Barlev.
Uma investigação inicial sobre o incidente em Jerusalém Oriental descobriu que o atirador havia disparado oito balas à queima-roupa em direção a um grupo de soldados no posto de controle, sem que nenhum dos funcionários no local conseguisse atirar de volta.
A investigação apontou que o tiroteio ocorreu no momento em que os soldados trocavam de turno, considerado um ponto fraco em qualquer posto de controle.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.