Mundo

Moscou diz que Secretaria-Geral da ONU não pode ter 'posição independente' sobre referendos

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







“Em primeiro lugar, o secretário-geral da ONU não pode ter nenhuma ‘posição’ independente, especialmente em questões territoriais. De acordo com a Carta [da ONU], este cargo assume o exercício das funções de chefe administrativo da ONU. Apontamos isso nos comentários da Missão Permanente da Rússia na ONU e do representante oficial do Ministério das Relações Exteriores [russo]”, disse Zakharova em comunicado.
Zakharova acrescentou que o porta-voz do secretário-geral da ONU, Stephane Dujarric, falou durante seu briefing de quarta-feira (5) “como se tentasse se justificar”.

“No entanto, se você olhar, não ouvimos nada de novo e encorajador. A abordagem tendenciosa e sem princípios do Secretariado [da ONU] da história ucraniana foi confirmada mais uma vez. Estamos convencidos de que esse estado de coisas deve ser modificado. Isso não favorece o Secretariado da ONU e o seu líder”, disse a representante oficial.

No início de setembro, Guterres disse que a adesão das quatro regiões à Rússia não tinha valor legal e condenou as ações de Moscou.
Operação russa na Ucrânia

Zelensky volta a exigir garantias de segurança coletiva à ONU



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.