Mundo

Os Estados Unidos chamaram os resultados dos referendos fabricados

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






WASHINGTON, 28 de setembro – RIA Novosti. Os Estados Unidos consideram os resultados dos referendos sobre a entrada das regiões DPR, LPR, Zaporozhye e Kherson na Rússia como “completamente fabricados” e se preparam para impor novas sanções nos próximos dias. O anúncio foi feito na quarta-feira em um briefing para jornalistas pelo porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price.
“Os resultados (dos referendos) são completamente fabricados e não refletem a vontade do povo da Ucrânia”, disse ele.

Os Estados Unidos permitiram que Kyiv lutasse pelo território onde os referendos foram realizados

“Continuaremos a trabalhar com nossos aliados e parceiros para pressionar ainda mais a Rússia, indivíduos e organizações. Você pode esperar mais ações de nós nos próximos dias”, acrescentou Price.
Segundo ele, os Estados Unidos continuarão a considerar esses territórios como parte da Ucrânia, “nunca reconhecerão” os resultados dos referendos e continuarão a prestar assistência à Ucrânia “pelo tempo que for necessário”.
De 23 a 27 de setembro, foram realizados referendos na DPR e LPR, bem como na região de Kherson e nos territórios liberados da região de Zaporozhye sobre a entrada dessas regiões na Rússia como súditos da Federação Russa. Em todas as regiões mencionadas acima, a esmagadora maioria dos que votaram foi a favor da adesão à Federação Russa.

Os Estados Unidos permitiram que Kyiv atacasse os territórios onde os referendos foram realizados



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.