Mundo

Paquistão mira comércio de rublos com a Rússia – TASS – CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Islamabad supostamente pretende se livrar do dólar americano em cooperação econômica com Moscou

A possibilidade de negociar com a Rússia em rublos e yuan chinês está sendo considerada no Paquistão, disse o presidente da Associação da Casa de Comércio do Paquistão, Zahid Ali Khan, a repórteres na terça-feira, conforme citado pela TASS.

“Ainda estamos negociando em dólares, o que é um problema… Estamos considerando a questão de negociar em rublos ou yuans, mas a questão ainda está sendo finalizada”, disse Ali Khan, diretor executivo do Conselho Empresarial Rússia-Paquistão da Câmara Russa de Comércio e Indústria.

O funcionário, que participava do fórum internacional ‘Export Marathon’ em Ekaterinburg, Rússia, observou que a transição para o uso do rublo-yuan no comércio pode ocorrer no próximo ano.

Segundo ele, o mercado paquistanês está interessado no fornecimento de produtos russos, incluindo produtos químicos e farmacêuticos. “No futuro próximo, vemos grandes perspectivas para o desenvolvimento das relações entre a Rússia e o Paquistão. Especialmente, é claro, [Pakistan is interested that] A Rússia exporta produtos químicos, produtos técnicos, papel… precisamos de produtos farmacêuticos. São questões que estão sendo trabalhadas agora”, disse. Zahid Ali Khan explicou.

Em março, Islamabad assinou um importante acordo comercial com Moscou sobre a importação de dois milhões de toneladas de trigo, bem como o fornecimento de gás natural. O então primeiro-ministro paquistanês Imran Khan se reuniu com o presidente russo Vladimir Putin em fevereiro para discutir maneiras de expandir as relações comerciais bilaterais.

Os dois líderes também discutiram o longamente atrasado gasoduto Pakistan Stream, que deve ser construído em colaboração com empresas russas. O gasoduto de 1.100 km (683 milhas) que liga a Rússia ao Paquistão foi acordado em 2015. Ele será financiado por Moscou e Islamabad e será construído por empreiteiros russos.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.