Mundo

Grécia ‘militariza’ Ilhas do Mar Egeu – mídia — CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






A mídia estatal turca circulou imagens de drones de veículos militares enviados por Atenas para as ilhas de Lesbos e Samos

A Grécia tem “ilegalmente” enviou veículos blindados para as Ilhas do Mar Egeu, informou a Agência Anadolu, estatal da Turquia, no domingo, citando fontes militares.

A alegação foi apoiada por imagens de drones, supostamente mostrando os veículos sendo descarregados de um navio de desembarque grego.

Atenas enviou não especificado “veículos militares doados pelos EUA” às ilhas do mar Egeu de Lesbos (conhecidas na Turquia como Midilli) e Samos (Sisam), disseram as fontes. Cada ilha teria recebido 23 e 18 veículos, respectivamente, entregues em lotes na semana passada.

Imagens de drones divulgadas pela mídia turca mostram veículos militares sentados em fileiras em uma instalação portuária com um navio de desembarque atracado nas proximidades e seu porão de carga aberto.

A suposta implantação viola o status desmilitarizado da ilha, afirmaram as fontes, acusando Atenas de não fazer nenhum esforço para acalmar as tensões entre os dois países.

“Que a Grécia nem compareça às reuniões apesar dos convites e faça tais provocações mostrarem quem aumenta a tensão, quem é irreconciliável, agressivo e ilegal”, disseram as fontes.


Paciência da Turquia com a Grécia 'esgotando' – Erdogan

A suposta desmilitarização das ilhas, no entanto, há muito é contestada por Atenas e Ancara. Enquanto as ilhas foram colocadas sob desmilitarização pelo Tratado de Lausanne em 1923, a Grécia ainda tinha permissão para manter uma guarnição recrutada de moradores locais e uma força policial.

As tensões entre a Turquia e a Grécia, dois aliados da Otan com uma longa história de inimizade mútua, vêm aumentando desde o final de agosto. Naquela época, Ancara acusou Atenas de bloquear suas defesas aéreas S-300 de fabricação russa em jatos militares turcos que voavam sobre águas neutras. A Grécia rejeitou as alegações, com fontes militares dizendo à mídia local que as defesas aéreas não foram ativadas no dia do suposto incidente.

No início deste mês, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan acusou a Grécia de “ocupando” as ilhas do mar Egeu e alertou o país que poderia acabar pagando uma “preço alto”. Atenas rejeitou repetidamente as tentativas de questionar sua soberania sobre as ilhas.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:



Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.