Mundo

Ativistas pró-Ucrânia são expulsos de manifestação contra crise energética na Alemanha (VÍDEO)

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







De acordo com a mídia, no protesto, cerca de 3.000 pessoas pediram a abertura do gasoduto Nord Stream 2 e contas de energia mais acessíveis à população.
A emissora relatou que a manifestação foi pacífica até o final da tarde, quando quatro pessoas com bandeiras da Ucrânia se alinharam à frente do palco com cartazes em que se lia “A Rússia é um Estado terrorista”. Incomodados, os demais manifestantes expulsaram o grupo. Segundo a TV, o clima voltou a se apaziguar após a saída dos ativistas.
Durante o comício, os palestrantes pediram o levantamento das sanções contra a Rússia e criticaram a escassez de gás e o aumento dos preços dos alimentos.
Lubmin, 25/09/22. Ucranianos foram fisicamente afastados da manifestação para aplausos e rufar de tambores. Organizador: “Ofereci a esses jovens a chance de falar com eles e apresentar suas preocupações. Mas eles não falam alemão.” A plateia riu.
A mídia aponta que os alemães levaram bandeiras russas e cartazes com os dizeres “Nós somos o povo” e “Abram o Nord Stream 2“.
“O curso duro do governo alemão contra a Rússia é recebido com incompreensão por muitas pessoas”, explicou a mídia.
Mais cedo, nesta segunda-feira (26), o ministro-presidente da Baixa Saxônia (estado alemão), Stefan Weil, havia anunciado a impossibilidade de lançar o gasoduto russo Nord Stream 2.
O gasoduto Nord Stream 2 se estende da costa russa através do mar Báltico até a Alemanha e consiste em duas cadeias com capacidade total de 55 bilhões de metros cúbicos de gás por ano.
A construção foi concluída em setembro de 2021. Porém, para ser lançado, o gasoduto precisava aprovações regulamentares, principalmente de autoridades alemãs. Em meio a pressões dos Estados Unidos e posterior início da operação militar especial russa na Ucrânia, o governo alemão interrompeu a certificação do gasoduto.
A ministra das Relações Exteriores da Alemanha, Annalena Berbock, afirmou que “o projeto está realmente congelado“. Além disso, o Departamento do Tesouro dos EUA impôs sanções ao operador do projeto e seu diretor-executivo, Matthias Warnig.
Panorama internacional

Alemães criticam discurso de energia de Scholz e afirmam que nação está ‘no caminho para a pobreza’





Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.