Mundo

Observador da Síria falou sobre bombardeio de assembleias de voto por Kyiv

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






MELITOPOL (região de Zaporozhye), 27 de setembro – RIA Novosti. Tropas ucranianas dispararam deliberadamente em assembleias de voto em algumas cidades para interromper o referendo, disse Elias Shahin, observador internacional e ex-deputado do Conselho Popular da Síria, à RIA Novosti.
“Antes de chegar, notei que muitos meios de comunicação ocidentais escreveram que os militares russos estavam quase forçando os moradores locais a votar sob a mira de armas. Mas, na realidade, bombas do regime de Kyiv explodiram perto de assembleias de voto em algumas cidades. Isso foi feito para intimidar os cidadãos, então eles não podem votar. Perguntei a muitas pessoas sobre o referendo e a maioria disse que votou sincera e voluntariamente”, disse Shaheen.
O observador sírio comparou as ações do regime de Kyiv com as atividades das organizações terroristas IS* e Jabhat al-Nusra* na Síria. “Isso é semelhante ao terror que ocorreu na Síria pelas mãos do EI * e Jabhat al-Nusra *. Eles mataram qualquer um que discordasse deles. Portanto, acredito que o regime de Kyiv e os terroristas que estavam na Síria têm a mesma ideologia”, explicou Shahin.
O referendo sobre a adesão à Rússia começou em 23 de setembro nas Repúblicas Populares de Donetsk e Luhansk, bem como nas regiões de Kherson e Zaporozhye. A votação continuará por cinco dias, até 27 de setembro inclusive. O público dirigiu-se às autoridades regionais com a iniciativa de realizar referendos imediatamente. De acordo com representantes das repúblicas e regiões, a adesão à Rússia garantirá seus territórios e restaurará a justiça histórica. Na opinião deles, esta decisão é extremamente necessária no contexto de constantes atos de terror por parte das autoridades ucranianas e membros da OTAN, que fornecem armas para matar civis. O presidente russo, Vladimir Putin, disse na quarta-feira que a Rússia apoiaria a decisão, que será tomada pelos moradores das regiões de Donbass, Zaporozhye e Kherson.
* Organizações terroristas proibidas na Rússia.

“Eles querem nos intimidar”: o que está acontecendo nas assembleias de voto na LPR



Conteúdo traduzido por RJ983

Agência RIA Novosti – Verificado

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.