Mundo

Bruxelas poderia visar cidadãos da UE em empresas estatais russas – mídia – CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Berlim está pedindo a Bruxelas que proíba cidadãos da UE de ocupar cargos de alto escalão em empresas estatais russas, informou o jornal Suddeutsche Zeitung no domingo, citando um documento onde a proposta teria sido delineada.

De acordo com o relatório, o documento afirma que os cidadãos da UE não devem mais ter permissão para participar dos conselhos de supervisão ou administração das empresas estatais russas.

A proposta se justifica pelo problema de “corrupção estratégica.” Ele afirma que é uma estratégia russa de longa data oferecer “cargos bem remunerados nos órgãos sociais” de empresas estatais para residentes da UE supostamente para exercer influência política nos países da UE. A proibição, no entanto, não se aplicará a subsidiárias europeias de empresas russas.

A proibição pode ser incluída no próximo pacote de sanções da UE contra a Rússia, afirma o relatório. Além disso, o documento também pede a proibição da cooperação da UE com empresas nucleares russas.

CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO:
Mais sanções anti-Rússia da UE a caminho — FT

De acordo com o relatório, os embaixadores da UE devem discutir novas sanções contra a Rússia em uma reunião em Bruxelas na próxima quarta-feira. No início desta semana, surgiram relatos de que o oitavo pacote de sanções pode incluir um teto para o preço do petróleo russo e visar a tecnologia da informação e a segurança cibernética russas.

Para mais matérias sobre economia e finanças, visite a seção de negócios da RT

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.