Mundo

Coalizão de centro-direita vence eleições na Itália; oposição reconhece e lamenta

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







.”Sem dúvida, à luz das evidências, não podemos deixar de conceder a vitória às forças de direita que Giorgia Meloni capitaneou. Esta é uma noite triste para o país”, disse Serracchiani em entrevista coletiva.
Nesse sentido, Serracchiani anunciou a transição do Partido Democrata para a oposição.

“Somos a segunda força política do país e a primeira força de oposição”, acrescentou, prometendo que os democratas desempenhariam o papel da oposição, assumindo sua responsabilidade, “inclusive diante da Europa”.

Panorama internacional

Eleições na Itália podem dividir União Europeia, diz analista

Uma pesquisa de boca de urna realizada pela emissora italiana RAI apontou que a coalizão de centro-direita que une os partidos Irmãos da Itália, Liga, Forza Italia e o Partido Moderado deveria conquistar até 65% dos assentos do Parlamento italiano nas eleições realizadas neste domingo (25).
De acordo com a pesquisa, a coalizão obteria de 227 a 257 dos 400 assentos na Câmara dos Deputados italiana, e entre 111 e 131 assentos do total de 200 do Senado.
A sondagem aponta que a coalizão deve ganhar entre 41% e 45% dos votos no pleito.
Meloni será a primeira mulher a assumir o cargo de primeira-ministra na história do país. Porém, analistas apontam que a ascensão de uma líder de extrema direita, como é o caso de Meloni, pode fragmentar a Europa.
Na última quinta-feira (22), a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, disse estar disposta a trabalhar junto “com qualquer que seja o governo democrático”. “Se as coisas forem em uma direção difícil, eu falei da Hungria e da Polônia, nós temos ferramentas”, apontou von der Leyen.
Uma outra pesquisa de boca de urna, feita pela emissora italiana RaiNews24, aponta que a coalizão de centro-esquerda liderada pelo Partido Democrata recebeu entre 25,5% e 29,5% dos votos. Já o Movimento Cinco Estrelas, terceira força política mais popular do país, não teve um bom desempenho. De acordo com a sondagem, a legenda obteve entre 13,5% e 17,5% dos votos.
Usina de carvão em Saint Avold, França, 8 de setembro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 18.09.2022

Panorama internacional

França nega querer cortar exportação de energia à Itália em meio à crise energética na Europa



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.