Mundo

Ocidente hesita em fornecer à Ucrânia armadura moderna – Politico – CMIO

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Kiev quer tanques M-1 Abrams e Leopard, mas seriam difíceis de manter e operar, dizem fontes

O Ocidente é “arrastando os pés” sobre as entregas de tanques de batalha de última geração para a Ucrânia em meio ao conflito com a Rússia, informou o Politico na quinta-feira.

De acordo com as fontes do canal, o fornecimento de blindados ocidentais apresentaria uma série de problemas técnicos.

O Politico cita autoridades dos EUA, conselheiros ucranianos e assessores do Congresso, dizendo que Kiev quer urgentemente o M-1 Abrams de fabricação americana e os tanques Leopard de fabricação alemã para montar novas ofensivas contra a Rússia

No entanto, as autoridades de ambos os países relutam em dar luz verde às entregas devido a questões de treinamento e logística.

Estes não são carros de aluguel, há muito o que fazer com isso”, disse o tenente-general aposentado Ben Hodges, ex-comandante do Exército dos EUA na Europa, ao veículo, acrescentando que “centenas de coisas adicionais” precisam acompanhar os tanques.

O Politico observou que os tanques M-1 diferem completamente da blindagem da era soviética que as forças de Kiev usaram. Um funcionário dos EUA não identificado disse à agência que seria difícil enviar à Ucrânia não apenas os tanques, mas também as peças para mantê-los.

Você não quer dar a eles algo que vai quebrar e ficar sem gasolina e eles não podem reabastecê-los,” ele disse.

Segundo o responsável, os Leopardos alemães apresentam menos desafios porque são semelhantes aos tanques que Kiev já opera e não consomem tanto combustível como os Abrams.

No início deste mês, no entanto, Berlim se recusou a enviar tanques Leopard 2 para a Ucrânia. A ministra da Defesa, Christine Lambrecht, explicou que nenhum outro país entregou blindados ou veículos de combate de infantaria fabricados no Ocidente a Kiev e à Alemanha “não tomará tal ação unilateralmente.


Alemanha se recusa a entregar tanques de guerra à Ucrânia

A Alemanha tem apoiado a Ucrânia com outros equipamentos militares, incluindo sistemas de mísseis antiaéreos Stinger, obuses autopropulsados ​​Panzerhaubitze 2000 e tanques de armas antiaéreas Gepard.

Até agora, os EUA comprometeram cerca de US$ 16 bilhões em assistência de segurança à Ucrânia desde que o presidente Joe Biden assumiu o cargo, fornecendo a Kiev grandes quantidades de equipamentos militares, incluindo mísseis antitanque Javelin, sistemas de foguetes de artilharia de alta mobilidade (HIMARS), dezenas de obuses, e centenas de drones.

Moscou afirmou em várias ocasiões que o fornecimento de armas de Washington e seus aliados apenas prolongará o conflito na Ucrânia e aumentará o risco de confronto direto entre a OTAN e a Rússia.

Você pode compartilhar esta história nas redes sociais:

Verificado por RJ983

Conteúdo traduzido

Ver fonte

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.