Mundo

Finlândia anuncia que vai restringir entrada de russos no país

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report







O governo da Finlândia anunciou nesta sexta-feira (23) que vai restringir a entrada de cidadãos russos no país, bem como suspender a emissão de novos vistos.
“Na sexta-feira, 23 de setembro, o Presidente da República e o Comitê de Política Externa e de Segurança do Conselho de Ministros tomaram uma decisão fundamental para restringir significativamente a entrada de cidadãos russos e a emissão de vistos com base em sérios danos ao patrimônio internacional da Finlândia”, disse um comunicado emitido pelo governo, sem especificar quando a restrição entrará em vigor.
Panorama internacional

Negar vistos a cidadãos russos ‘não é boa ideia’, diz secretário-geral da ONU sobre decisão da UE

O anúncio do governo finlandês vem na esteira de outras medidas de restrição a entrada de cidadãos russos anunciadas na última semana por Estônia, Letônia, Lituânia e Polônia. Até o anúncio desta sexta-feira (23), a Finlândia era o único país da União Europeia que permitia a entrada de cidadãos russos por vias terrestres.
A decisão é mais uma etapa do que foi classificado pelo embaixador russo em Berlim, Sergei Nechaev, de “jogo europeu de restrições de vistos”. No último domingo (18), Nechaev afirmou que Moscou não pretende adotar políticas de restrição similares como represália. “Como o presidente da Rússia [Vladimir Putin] deixou claro, não vamos jogar esses jogos. As portas de nosso país permanecerão abertas a todos”, disse o embaixador.
Nesta sexta-feira (23), o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou que os europeus “seguem com sua linha destrutiva antirrussa” e destacou que a resposta de Moscou “não será necessariamente um espelho e levará em conta os interesses da Rússia”.
Um funcionário da Uniper SE inspecionando uma instalação de superfície de armazenamento de gás natural na Uniper em Bierwang, sul da Alemanha, 10 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 21.09.2022

Panorama internacional

Paradoxo do gás: Finlândia continua a comprar GNL russo apesar das promessas de reduzir suprimentos



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor

  Fact-checking   Autentic   DMCA   Report






Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.