Mundo

Chefe da Força Aérea dos EUA revela maior preocupação das tropas


O chefe da Força Aérea dos EUA esboçou algumas das maiores preocupações enfrentadas pelos soldados americanos, e elas não incluem a Rússia ou a China. Em vez disso, os militares estão cada vez mais temerosos de seu futuro econômico, dado o aumento do custo de vida em meio a uma severa crise de inflação de preços.
Fazendo o discurso de abertura na conferência aérea, espacial e cibernética da Associação das Forças Aérea, Espacial e Cibernética na segunda-feira (20), o secretário da Força Aérea, Frank Kendall, disse que muitos militares estão achando cada vez mais difícil cobrir despesas básicas, observando que a liderança militar não pode esperar que os soldados “deem seu tudo à missão quando estão preocupados em como vão pagar a gasolina para ir trabalhar, encontrar uma creche para seus filhos ou fornecer à sua família um lugar seguro para viver”.
“As preocupações mais comuns que ouvi de aviadores e soldados [foram] sobre nossa inflação, custo ou condições de moradia e cuidados com crianças”, disse Kendall, acrescentando: “Os últimos meses de inflação colocaram pressões únicas sobre as finanças de alguns de nossos soldados eminentes e especialistas críticos”.
Panorama internacional

Presidente da União Africana à ONU: continente não quer ser ‘terreno fértil de uma nova Guerra Fria’

Citando altas taxas de inflação e aumento dos custos de hipotecas – que recentemente subiram acima de 6% pela primeira vez desde 2008 – o funcionário disse que a Força Aérea restauraria os cortes no “pagamento de atribuição de deveres especiais”, o que anteriormente permitia a alguns soldados uma maneira de ganhar dinheiro adicional.
“Nosso sistema para ajustar o pagamento de deveres especiais estava fora de sincronia com as rápidas mudanças em nossa economia provocadas pela pandemia de COVID-19 e a invasão da Ucrânia. É por isso que estou anunciando hoje que o [Departamento da Força Aérea] vai restaurar todos os cortes no pagamento de deveres especiais que estavam programados para acontecer em 1º de outubro”, continuou Kendall.
Enquanto a Lei de Autorização de Defesa Nacional de 2023 exige alguns dos maiores aumentos salariais para os soldados em quase 20 anos, o projeto de lei ainda não passou no Congresso. Enquanto isso, Kendall disse que os militares lançariam um “programa de subsídios de necessidades básicas” para soldados que são particularmente mais vulneráveis e trabalhariam para “garantir que o subsídio básico para habitação também mantenha o ritmo dos custos”.
As taxas de inflação nos EUA diminuíram ligeiramente desde o verão, quando atingiram altas de quatro décadas à medida que os preços de alimentos, combustíveis e habitação subiram. De acordo com as estatísticas do governo, em junho os preços ao consumidor aumentaram 9,1% em relação ao ano anterior, o maior salto anual desde 1981.



Este conteúdo foi verificado por RJ-2309 RJ-0292 RJ-0958

CMIO confirmou esta notícia. Fonte;

Via Sputnik News- IMG Autor




Mostrar mais

CMIO

Conselho de Mídia Independente - Grupo independente, de atuação jornalística; baseado em SP. Replica e elabora conhecimentos e assuntos de utilidade pública.

Artigos relacionados

Adblock Detected.

Desative seu AdBlock para poder acessar o conteúdo gratuito. Disable your AdBlock.